Consumo Sustentável

Consumo Sustentável

Corredores de produtos e, em cada prateleira, dezenas de opções. O que será que cada uma das nossas escolhas esconde por trás da embalagem? As turmas do 6º Ano do Guroo estão descobrindo, por meio de um trabalho investigativo, os impactos humanos e ambientais dos produtos que consumimos diariamente. 

O objetivo é desvendar a rede de eventos e as pessoas envolvidas na produção, no consumo e descarte de um produto e como isso afeta o meio ambiente e a sociedade, e assim escolher aquele mais sustentável diante de prateleiras extensas e altas, recheadas com as mais variadas mercadorias no meio de um oceano de opções.

A pesquisa desenvolvida na disciplina de Geografia, pela Professora Maria Luiza Gusberti, busca responder às diversas questões que interferem na escolha de um item mais amigo do meio ambiente, da saúde e dos direitos humanos. Com a colaboração dos professores de Língua Portuguesa e Artes, as análises tornaram-se arte inspirada nas produções tradicionais do sertão nordestino: cordéis e xilogravuras.

Aprecie as produções dos nossos estudantes e confira as dicas para tornar o seu consumo mais sustentável:

DICAS: COMO ESCOLHER UM PRODUTO SUSTENTÁVEL?

  1. Prefira produtos produzidos em sua região: comece pela etiqueta que informa a  origem e verifique a procedência. Evite comprar similares fabricados em outros países, pois isso reduz o recolhimento de impostos municipais, estimula o desemprego, a falta de serviços e a infraestrutura pública.
  2. Confira a composição do produto: verifique se o que está sendo dito na frente da embalagem realmente consta em sua formação. Você poderá ter interessantes surpresas. Se, por exemplo, estiver comprando um pão-de-queijo, confira na sua composição se ele realmente tem queijo.
  3. O que importa é o conteúdo, não a embalagem: não se deixe levar por ela, se é reciclada ou não. O importante é saber se o produto é agressivo à sua saúde e à de sua família. Uma prática que está se tornando comum é reduzir embalagens e aumentar o percentual reciclado para estimular a venda dos produtos como “mais sustentáveis”. Cuidado! Nessa lista existem os nada ecologicamente amigáveis e outros agressivos à saúde humana.
  4. Selos Verdes são uma boa indicação: uma maneira de ajudar na identificação de produtos sustentáveis é por meio dos chamados Selos Verdes, como o Procel para eletrodomésticos e eletrônicos, o FSC e CERFLOR para madeiras e papéis, e o SustentaX para produtos e serviços sustentáveis. Na área de orgânicos, existem o IBD e EcoCert, dentre outros. Eles são uma forma de mostrar ao mercado que os artigos passaram por análises rigorosas para a sua obtenção.
  5. Procure produtos que gerem renda para pequenos fornecedores e comunidades de baixa renda. Existe um grande número de artigos e serviços que são manufaturados por pequenos fornecedores e comunidades de baixa renda a fim de gerar recursos financeiros para a sua manutenção.
  6. Procure pelos cinco atributos essenciais de sustentabilidade:
    1. Salubridade: evite produtos com odores (normalmente esses odores decorrem de componentes orgânicos voláteis que podem fazer mal à saúde).
    2. Qualidade: consulte alguém em quem você confie para garantir a eficiência do produto. Escolher o produto adequado para o seu objetivo significa economia de recursos naturais e também do seu dinheiro. Por exemplo, nem todas as tintas são iguais, algumas não têm teste de aderência e, na primeira vez em que você for fazer uma limpeza, ela poderá sair na esponja.
    3. Responsabilidade social: questione a procedência. Por exemplo, se for comprar uma areia em uma loja de material de construção, pergunte se vem de uma empresa confiável, sem trabalho infantil, escravo.
    4. Responsabilidade ambiental: Questione a procedência. Por exemplo, se for comprar objetos de madeira, pergunte sobre a legalidade.
    5. Comunicação responsável com o consumidor: Procure por marcas em que você identifique ética e genuinidade na comunicação.
Mais que formação, é transformação!

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*