Documentário Atleta A

Documentário Atleta A

As Olimpíadas fizeram o maior sucesso com o público brasileiro. Uma das competições que a plateia mais gosta de assistir é a Ginástica Olímpica. A atleta mais esperada era Simone Biles,  que, depois de  disputar apenas um aparelho na final da ginástica por equipes, anunciou a desistência do individual geral, do individual por aparelhos (salto e barra) e da prova do solo.  Desde a primeira desistência, essa atleta vem destacando problemas que afetam a sua saúde mental e a necessidade de focar em cuidar deles antes de qualquer coisa. Pensando nisso, na aula de atualidades, assistimos ao documentário Atleta A. O longa acompanha um grupo de jornalistas investigativos do The Indianapolis Star que apura uma série de denúncias de assédio dentro da Federação de Ginástica dos Estados Unidos, uma das organizações olímpicas mais importantes do país. 

O documentário começa com a história de Maggie Nichols, uma atleta que dedicou a vida inteira ao time nacional de ginástica artística dos Estados Unidos, sonhava  em concorrer nas Olimpíadas e já tinha potencial para participar dos jogos do Rio de Janeiro realizados em 2016.

No entanto, os sonhos de Maggie são completamente destroçados quando ela sofre assédio nas mãos de Larry Nassar, o médico oficial da Ginástica dos Estados Unidos (USAG) – visto por todos como um profissional dedicado e pilar da comunidade. A investigação jornalística revelou também que a USAG protegia os técnicos abusadores e costumava quebrar a lei por não reportar alegações dos casos às autoridades.

A grande dúvida dos repórteres era a quantidade de vítimas de Nassar, já que o número de relatos crescia a cada dia. Ao final da reportagem, a equipe reuniu depoimentos de 500 ginastas, incluindo 9 atletas que competiram nas Olimpíadas, entre elas, Simone Biles. 

Todo conteúdo nos rendeu um debate muito proveitoso e muitos questionamentos foram levantados pelos alunos. O documentário está disponível na netflix. 

 

Mais que formação, é transformação!

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*