Projeto Bem Estar

Projeto Bem Estar

Nos dias 20, 21 e 22/10, as turmas dos 9° anos, apresentaram os trabalhos do projeto Bem Estar, um trabalho interdisciplinar que envolve as disciplinas de Educação Física, Ciências e Língua Portuguesa (Redação). A pesquisa é realizada pelos alunos durante os 4 bimestres:  pré-projeto / projeto / artigo e apresentação. O objetivo deste trabalho é fortalecer o entendimento sobre as boas práticas da atividade física, compreender o funcionamento do corpo humano, trabalhar a biomecânica do exercício, relacionar a fisiologia com as práticas da atividade física, associar uma boa alimentação à eficiência da atividade física. É evidente que, no geral, as crianças e adolescentes da atual geração apresentam pouco interesse pela atividade física e têm, a grosso modo, uma má alimentação. Com base nessa constatação, observa-se a necessidade da implementação de boas práticas alimentares e o fortalecimento da importância da atividade física para o desenvolvimento mental, físico e cognitivo dos jovens da geração Z.

Os trabalhos foram de variados temas:
O esporte contra a depressão;
Boxe: do amadorismo ao profissionalismo;
Nutrição e esportes para deficientes visuais;
Como perder massa gorda e hipertrofiar os músculos de forma saudável;
Futebol Americano e a preparação do corpo;
Benefícios do exercício físico no cérebro;
Obesidade e seus fatores;
Como praticar corrida de rua: Principais benefícios, melhores roupas e calçados, alimentação adequada e erros mais comuns;
Esteróides anabolizantes: Uma análise sobre o estilo de vida, saúde, legalidade
e padrão de vida.

 

Depoimento dos professores convidados para a banca dos trabalhos:

Quando você é convidado para uma banca em qualquer tipo de trabalho, sempre é uma grande honra. E eu fiz o dever de casa, li os trabalhos enviados e lá estava eu esperando aquela galera – que a maioria já conheço há anos – pronta pra começar. As apresentações mostraram envolvimento e até aquele nervosismo básico – sempre sentimos antes de começar a falar, né? – realmente elas prendiam a atenção. E lá estava eu anotando no caderninho, como sempre. E sabe o que mais valeu a pena? Aquilo que é de fato o propósito de um trabalho tão elaborado, abrangente e informativo: aprender. Não foram só os alunos que aprenderam, mas os professores também. E lá estava eu ali repensando minha dieta, e considerando a ideia de praticar um esporte que já admirava antes. Sensacional, tanto as turmas quanto os professores envolvidos … Meus sinceros parabéns”!

Prof. Mauricio (História)

 

Tive a honra de participar de parte deste lindo projeto que é o Bem Estar. Acompanhei um pouco do desenvolvimento da parte escrita e presenciei a preparação para as apresentações. Os resultados são incríveis, maravilhosos! Dá muito orgulho ver nossos alunos, ainda tão jovens, fazerem trabalhos com características acadêmicas. Tenho certeza de que foi muito cansativo e estressante para eles. Mas, ao mesmo tempo, tenho convicção de que esse trabalho será lembrado por eles de forma muito positiva, e que eles estarão muito mais preparados para novos desafios que virão no Ensino Médio, e na Universidade também! Obrigado por me darem essa oportunidade”!

Prof. Caio (Química)

 

Me senti muito honrada em fazer parte da análise de dois trabalhos desse lindo projeto. A escola é essencial na formação dos cidadãos em seus mais variados aspectos, a saúde é um desses e os professores Diogo e Eduardo instrumentaram os alunos de forma sensacional. Obrigada e Parabéns”!

Prof. Lídice (Geografia)

 

O Projeto Bem Estar é uma excelente iniciativa, pois além de trazer temas e reflexões relacionados à alimentação saudável associada à prática da atividade física, o projeto insere os alunos no mundo acadêmico. A produção de um artigo, seguindo as normas da ABNT, como resultado da pesquisa e a apresentação perante uma banca de professores, cria uma atmosfera que muitos têm apenas no momento de apresentar um TCC. É uma oportunidade ímpar para os alunos do 9° ano. Parabéns aos professores Diogo, Eduardo e Mali, pela iniciativa e dedicação durante todo o processo. Aproveito para agradecer novamente por fazer parte da banca de professores, pelo segundo ano consecutivo, é um privilégio fazer parte deste projeto.”

Prof. Giba (Matemática)

 

Participar do Projeto Bem-estar me colocou numa situação muito parecida com a da faculdade, mas agora eu é quem estava na banca. Aproveitei o momento, porque agora eu poderia fazer as perguntas. Mas tudo com muito carinho, claro! O que a nossa escola, nossos professores responsáveis pelo projeto, e todos aqueles que participaram direta ou indiretamente dele, estão fazendo é dar oportunidade aos nossos alunos de se prepararem, não apenas para uma vida acadêmica, mas principalmente para a vida profissional. Colocá- los tão cedo diante de um profissional de uma determinada área e fazê-los se prepararem para uma apresentação, para uma articulação de ideias, para uma argumentação, é dar a eles preparação para a vida. Incentivá-los e coordená- los para um trabalho em equipe (especialmente no ensino virtual) é certamente um ganho sem medida, ainda mais quando o resultado deste trabalho em grupo é também um artigo científico nos moldes de um artigo acadêmico, com pesquisa, citações e referências, além de regras da ABNT a serem seguidas. Eu acredito nesse modo de produzir conhecimento. Fica aqui meu sincero agradecimento por ser parte desta equipe.”

Prof. Fernanda (Português)

 

“Fiquei muito feliz por ter sido convidado para participar da banca de avaliação do projeto bem-estar. Fiquei mais feliz ainda e confesso, muito surpreso, com a excelente qualidade do material criado e disponibilizado pelos alunos. O tema “Depressão e o Esporte” possui extrema relevância nos dias atuais. Confesso ainda que aprendi muito sobre este tema, tirando grandes lições para minha conduta pessoal. Meus sinceros parabéns aos professores e aos alunos envolvidos!”

Prof. Marcelo (Física)

 

 

Mais que formação, é transformação!

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*