Como fazer uma boa prova, por professor Caio Mendonça

Como fazer uma boa prova, por professor Caio Mendonça

Independentemente das aulas serem presenciais ou online, a rotina de estudos precisa contar com momentos de aprofundamento e de revisão de conteúdos. Para fazer uma boa prova, os alunos do Terceirão devem ficar atentos às seguintes dicas:

  1. Vestibulares e o ENEM acabam por focar muito na capacidade de compreensão dos estudantes relacionada à interpretação de textos, tanto literários e jornalísticos, quanto científicos. Portanto, é fundamental que os estudantes façam da leitura um hábito de prazer e relaxamento o que ajudará a resistir à maratona de questões e de textos bases nas avaliações.
  2. A formação de uma rotina de estudos baseada na execução de avaliações de anos anteriores é fundamental para que os estudantes percebam as situações-problemas colocadas pelas bancas das instituições, adaptando-se às peculiaridades da prova, evitando os distratores e encontrando as alternativas corretas solicitadas. 
  3. Atualmente, questões de “assinale a alternativa ERRADA” estão cada vez menos frequentes, sendo proibidas pelas bancas da UFSC e do ENEM, por exemplo, mas ainda podem ser encontradas nas provas de acesso da UDESC e da ACAFE. Então, o estudante precisa ficar atento às necessidades e às peculiaridades de cada uma das instituições que deseja ser aprovado.
  4. O texto base das questões tem como objetivos contextualizar um tema e demonstrar o ponto de análise da questão, podendo muitas vezes ser deixado em segundo plano. Os textos base podem ser um grande complicante de uma questão. O cansaço é um dos principais motivos para a dificuldade durante as avaliações de acesso. Seja o cansaço no momento da prova, ou gerado por uma longa rotina de estudo desregrada.
  5. Para não ser pego de surpresa pelo relógio, fazer simulados da prova é essencial. A boa administração do tempo está diretamente relacionada com essa prática. É importante que o estudante saiba quanto tempo é necessário para, além de ler e responder as questões, preencher o gabarito e passar a redação a limpo.
  6. O aspecto psicológico não pode ser negligenciado. É normal sentir-se pressionado e ansioso quando a prova se aproxima. O Terceirão 2020 possui em sua carga horária duas aulas de Inteligência Emocional por semana. Nesses momentos os alunos têm a oportunidade de aprenderem mais sobre si mesmos e como lidar melhor com suas emoções.  
Mais que formação, é transformação!

1 Comentário

  1. Zac 2 meses atrás

    Caio é ninja

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*