Matrículas Abertas: +55 (48) 3233-0785

2019, O ANO DA TABELA PERIÓDICA

2019, O ANO DA TABELA PERIÓDICA

“Vocês sabiam que 2019 é o ano da Tabela Periódica?”. Pois é, os alunos do Ensino Médio e 9º Ano também escutam essa mesma pergunta nas aulas de Química do Professor Caio.

Ela, a Tabela Periódica dos Elementos Químicos, ajudou a sistematizar e a organizar o conhecimento científico e é a homenageada deste ano de 2019 pela Organização das Nações Unidas (ONU), que proclamou este como sendo o Ano Internacional dedicado a ela em um esforço simbólico para promover a conscientização sobre educação em ciências básicas pelo mundo, conforme declarou em comunicado oficial.

A escolha do ano não foi por acaso. Há 150 anos, um cientista russo chamado Dmitri Mendeleev (1834-1907) criou a primeira tentativa de organização dos elementos químicos em um formato semelhante ao atual.

A tabela original reúne os 63 elementos químicos conhecidos na época, listados em ordem de massa atômica e agrupados por suas propriedades físico-químicas. Ela permitia observar semelhanças e relações em análises na vertical, na horizontal e na diagonal. Mendeleev foi ainda o primeiro a deixar espaços vazios, prevendo a descoberta de novos componentes. A tabela atual contém 118 elementos: 90 naturais e 28 artificiais sintetizados em laboratórios.

A União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC, na sigla em inglês), emitiu ainda uma nota afirmando que a ONU estava reconhecendo “a importância de aumentar a conscientização global de como a química promove o desenvolvimento sustentável e fornece soluções para desafios globais em energia, educação, agricultura e saúde”.

A fim de compreender tudo o que a Tabela Periódica pode oferecer, os alunos dos Primeiros Anos do Ensino Médio do GUROO confeccionaram 24 diferentes Tabelas, cada uma focada em explicar algo diferente. Os trabalhos complementam-se e juntos demonstram toda a complexidade por trás da genial invenção. Este trabalho foi feito em parceria com o professor de Artes, Juventino, que orientou os alunos sobre a escolha dos materiais utilizados, além de propor formas criativas para apresentar o resultado.

Já os alunos do 9º Ano estudaram-na de uma forma mais lúdica, por meio de partidas de Batalha Naval Periódica, que a usam como tabuleiro para o clássico jogo. Porém, para afundar os navios inimigos, os jogadores devem descrever o alvo do tiro com os termos químicos corretos (por exemplo: “Tiro no elemento do quarto período, família dos Metais Alcalinos Terrosos.”; “Água!”). Quem afundar todos os navios inimigos primeiro vence.

 

TABELAS PERIÓDICAS – 1º ANO A – 04/6

TABELAS PERIÓDICAS – 1º ANO B – 04/6

BATALHA NAVAL PERIÓDICA – 9º ano – 19/6

REFERÊNCIA: Por que 2019 é o ano da tabela periódica. Edison Veiga De Bled. BBC News Brasil. <https://www.bbc.com/portuguese/geral-46985628?ocid=socialflow_twitter>

Mais que formação, é transformação!

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*