Matrículas Abertas: +55 (48) 3233-0785

Julgamento da Capitu

Julgamento da Capitu

Os alunos do 2º Ano do Ensino Médio, conduzidos pelo professor Anderson, iniciaram sua lista de leitura com as mais polêmicas das perguntas de nossa rica literatura brasileira: Capitu traiu ou não Bentinho? In dubio pro reo é uma expressão muito conhecida no campo jurídico, porém, durante o julgamento da personagem mais enigmática de nossas letras, não foi suficiente para atenuar a discussão.

Durante o mês de março, as turmas do Segundo Ano foram divididas em “acusação” e “defesa” e teve que buscar todo o tipo de informação, criar estratégia para a argumentação e elaborar um discurso persuasivo para convencer o júri. Trouxeram desde resultados de pesquisas sobre ciúmes, psicopatias, loucura, adultério, taxa de natalidade, inclusive afirmações de médicos e psicólogos acerca do comportamento humano. Sobrou até para Nero e Otelo, que também foram citados.

Ironicamente, o julgamento realizou-se no dia da mentira, 1º de abril, e isso, nos bastidores, tornou tudo um pouco mais divertido. Mais importante do que o resultado foi o contato com a obra, o mergulho no psicológico da personagem mais enigmática de nossas letras, o entendimento – mesmo que de forma lúdica – sobre como funciona um julgamento e, claro, a aproximação dos alunos uns com os outros.

Mais que formação, é transformação!

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*