Matrículas Abertas: +55 (48) 3233-0785

Identifying Colors in English

Identifying Colors in English

O processo de aprendizado na primeira infância ocorre muito mais pelo exemplo e pela convivência social do que com exposição de conteúdo, principalmente quando se trata do processo de aquisição da língua.

Você já parou para pensar que em cerca de dois anos uma criança depreende a estrutura de uma língua em meio a um contexto com informações complexas e desorganizadas?

Quando nós, adultos, queremos aprender outro idioma, temos de frequentar um curso que apresente a língua desde as suas características mais básicas – como cumprimentos, profissões, frases simples no presente – até estruturas mais elaboradas, como textos; e mesmo assim às vezes leva anos até atingirmos fluência.

Com a criança é diferente: não se trata apenas de aprendizado, mas de aquisição da língua. De acordo com a Teoria Gerativista de Noam Chomsky, todo ser humano possui uma estrutura genética que propicia o desenvolvimento da língua, atuando na seleção e organização de informações, incentivada pela convivência social. É muito importante que esse processo ocorra e seja incentivado na primeira infância de modo a desenvolver todas as habilidades cognitivas relacionadas ao uso da língua.

Por isso, o Bilingual Program do Colégio Guroo trabalha não meramente com aulas de inglês, senão aquelas voltadas a cada faixa etária. Nessa atividade, trabalhamos com a identificação das cores e texturas, que além de fazer parte do universo lúdico da criança, estimulam tanto a memorização quanto a apreensão de estruturas gramaticais mais complexas: “What color is this paint?”, “It is yellow paint”, “Let’s paint!”, “Do you like this color? “, “Yes, I do”, “No, I don’t”, “What is your favorite color?”, “It is blue”. Ou seja, na convivência com a professora, a criança também tem contato com o idioma utilizado no cotidiano, o que estimula o processo de aquisição e uso de estruturas elaboradas.

As crianças trabalharam com duas cores por vez, o que permitiu que, pela experimentação, elas descobrissem que cores primárias geram cores secundárias. A pintura também estimula a expressão de emoções, concentração e coordenação motora fina. Fora isso, trabalhamos também questões importantes à convivência, como respeito pelo trabalho do colega, limpeza do local que utilizamos e, é claro, muito carinho e diversão.


Mais que formação, é transformação!

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*